ETAPAS PARA INTRODUZIR O MINIMALISMO NA SUA VIDA

abril 10, 2017


O minimalismo é um processo de simplificar as nossas vidas e encontrar “felicidade! E “satisfação” com o que possuímos. Longe de ter qualquer associação com a perfeição ou ser um desafio para ver “quem consegue viver com menos”, o minimalismo pode gradualmente ser introduzido nas nossas vidas, a um ritmo pessoal, adequado as necessidades do próprio. O minimalismo contem em si o sentido de explorar as nossas paixões e ambições, mantendo o foco naquilo que é realmente importante para nós, alcançando-o atraves de um estilo de vida mais descomplicado. Em suma, deixo-vos 3 passos através dos quais o podem testar e atestar a medida daquela que for a vossa necessidade!

Reciclar, doar ou remover // lentamente, um passo de cada vez, reciclar doar ou desfazer-se de uma, apenas uma, coisa indesejada na sua vida, uma apenas uma, por dia, todos os dias, ate que as únicas coisas que restem sejam pertences úteis ou amados! Assim, gradualmente, para não disparar os níveis de ansiedade, mas se se acharem capazes de mais, hey... força, vão com tudo! Se começarem a sentir alguma resistência foquem-se nos elementos de maior impacto, visual ou de maior dimensão, que causem maior estorvo, a diferença pós-eliminação será motivação suficiente e o encorajamento necessário para continuar! Este processo não precisa ser doloroso, dar tempo e espaço para adaptação é essencial!

Comprar menos, escolher melhor e fazer durar // assim que comecem o processo de destralhamento adoptem o mantra: “Buy Less. Choose well. Make it Last”. A base do minimalismo é comprar apenas aquilo de que precisamos, o que serve uma finalidade ou o que adiciona valor, e este mantra serve para todas as áreas da nossa vida não apenas para roupa e outros bens! Quando nos comprometemos em investir em objectos de qualidade percebemos o quão importante é ter objectos com bom design funcionais e confiáveis, aprender a ter gosto por conserva-los, repara-los e corrigi-los quando se desgastam. Isto ensina-nos a dar valor, a contentar-mo-nos com menos e a reconhecer quando temos o suficiente.

Fazer “Streamline” a vida // somos culpados por cair em rotinas e hábitos sem de tal ter-mos noção ou controlo, sem questionar se são ou não um uso saudável e produtivo do nosso tempo! O estilo de vida minimalista pode ajudar a desenvolver uma estrutura criando sistemas para simplificar a vida, libertar tempo e nutrir contentamento. Tal como no processo de destralhar, o minimalismo pode ajudar a criar foco em fazer mudanças para criar um sistema benéfico que permita viver de modo mais intencional e eficiente. Observe e analise os seus hábitos, pode passar pro algo tão simples como criar um plano de acção sobre as suas tarefas necessárias, as responsabilidades obrigatórias e aquilo que, na eventualidade de tempo, gostaria de vir a fazer! Criar sistemas que nos permitam transitar de dia para dia com facilidade e um sentimento de conquista, de evolução, de crescimento. Não se sintam pressionados em perseguir uma imagem idealizada da vida de outra pessoa. Foquem-se em pequenas coisas, coisas que podem mudar já, agora! Nada acontece ou se constroi da noite para o dia!

---
Photos: Pinterest

You Might Also Like

0 REPLY

Participa com a tua sugestão ou comentário e não te esqueças de seguir a página no facebook, twitter e instagram para estares sempre a par das novidades! Obrigado pela visita. Salomé

Popular Posts

Like us on Facebook

Follow us